Design Consciente

 

Rafael Quick, um colega de classe, apresentou o seguinte projeto como o trabalho de conclusão de curso (TCC). A animação foi produzida utilizando a técnica do stop motion e  resíduos de embalagens, envelopes e papéis em geral. Conforme a descrição do vídeo, a  ideia é credibilizar a crítica feita no vídeo sobre a prática dos profissionais de design gráfico nos dias atuais.

“Acredito que projetos feitos de maneira consciente ajudam tanto a prosperidade do planeta quanto os projetos de design. O designer deve ser um agente atuante entre as indústrias e a sociedade. Deve agir com suas responsabilidades éticas e profissionais. ” – Rafael Quick

Confira também, o Making Off do desenvolvimento do projeto:

 

“O Designer Faz”, explicando a profissão do Designer Gráfico

Ano passado, felizmente, recebi o título de Bacharel em Design Gráfico pela UEMG, ou seja, me formei. Ao definirmos a proposta do convite e detalhes da colação de grau/baile, pensamos diretamente no público. Sabemos que muitos familiares ainda não compreendem “o que fazemos como profissionais, e até  mesmo, durante o nosso curso”. Com isso,  tivemos a idéia de elaborar um vídeo explicando a profissão.

O que nos permitiu pensar em um vídeo (motion graphics) foram os talentos presentes em nossa turma como Flávio Moura, Matheus Moura e Bruno Malaco, responsáveis pelo o vídeo acima. Nosso objetivo foi demonstrar o que podemos fazer após 4 anos de faculdade.

Ser Designer é … Karyn Camargo

Ser designer é … um estado de espirito, em que eu vivo sempre, pois para ser designer é preciso, acima de tudo amar o que faz e ter uma mente totalmente aberta, e completamente maluca, porque as melhores coisas e idéias surgem os mais aloprados pensamentos e nas horas mais incriveis.

Participe! Envie uma composição no formato 768 x 1024 px (72 dpi) e sua opinião sobre “o que é ser designer?” completando a  frase  ”Ser designer é …” para o e-mail serdesignere[@]gmail.com

Se sua composição for selecionada, você receberá um e-mail avisando o dia que será postada.

Conheça o trabalho de  Karyn Camargo. [karyncamargo@bol.com.br]

Ser Designer é … por Pil Ambrosio

Ser designer é… desenhar personagens loucos e ser remunerado por isso (por Pil Ambrosio). Faça como o ilustrador Pil Ambrosio, compartilhe sua opinião! Nos envie o seu ponto de vista sobre “o que é ser designer?” através de uma composição ( ilustração, fotografia, montagens, raffs, interface … etc.) que também demonstre o seu estilo de trabalho.

Para participar, envie uma composição no formato 768 x 1024 px (72 dpi) e sua opinião sobre “o que é ser designer?” completando a  frase  “Ser designer é …” para o e-mail serdesignere[@]gmail.com

Se sua composição for selecionada, você receberá um e-mail avisando o dia que será postada.

Esta iniciativa tem por objetivo compartilhar as reflexões sobre o posicionamento do designer como profissional e apresentar o trabalho de diversos designers brasileiros.

Conheça o trabalho do ilustrador e designer gráfico Pil Ambrosio. [ Portfólio ] [pilambrosio@gmail.com]

Ser Designer é…

“Ser Designer é…” trata-se de um projeto colaborativo que tem por intuito refletir sobre o comportamento e as responsabilidades dos designers com o propósito de promover a união e discussões entre os profissionais. Ele surgiu no twitter, com a ajuda do Jonas Rossatto através de um post e a hashtag #SerDesignerÉ e conta com a participação de diversos seguidores e membros de nossa página no Facebook. A partir de hoje, semanalmente um designer convidado fará uma composição com o seu estilo de trabalho e com o seu ponto de vista sobre “o que é ser designer?”.

Esta iniciativa tem por objetivo compartilhar as reflexões sobre o posicionamento do designer como profissional e apresentar o trabalho de diversos designers brasileiros.

Participe! Em breve, divulgaremos mais detalhes para os interessados em compartilhar seu trabalho através desta coluna.

* Ser Designer é lutar por melhores imagens. (por @dervann) – Ilustração: Desconhecido

Designer empreendedor, o que é?

Segundo o SEBRAE, “ter um espírito criativo e pesquisador é uma das qualidades fundamentais de um empreendedor, ele está constantemente buscando novos caminhos e novas soluções, sempre tendo em vista as necessidades das pessoas. A essência de um empreendedor de sucesso é a busca de novos negócios e oportunidades, além da preocupação com a melhoria do produto.”

A partir desta definição considero que nós designers, somos empreendedores sem saber. Podemos perceber que realmente há muitas semelhanças entre um designer e um empreendedor.  Somos proativos, criativos, estamos sempre atentos às tendências e necessitamos de um planejamento para desenvolver nossos projetos. Além disso, temos a opção de sermos autônomos assumindo projetos como freelancer e/ou empresário.

No primeiro período da faculdade, percebi que há inúmeros perfis de designer.  Existe o Designer Artista, Designer Editorial, Designer de Moda, Designer de Jóia, e andando por aí, já encontrei até a Designer de Sobrancelha (?).  Analisando estes inúmeros perfis, constatei que minha faculdade é bem semelhante a um Jardim Zoológico, havia de tudo naquele lugar. Mas percebi a ausência de uma atração naquele “Mundo Animal”, o braço direito do rei da selva não estava por ali – o designer empreendedor, aquele que usa todo o conhecimento do design e associa com o mundo dos negócios.

A partir desta demanda, iniciei minha busca incessante por aquele profissional que estaria a todo tempo atento às oportunidades e ao mercado em função das suas realizações. Em todos os meus trabalhos desde então, eu associava as características em comum de um designer e um empreendedor.  Era perceptível a resistência de boa parte da minha turma e até mesmo de alguns professores, afinal para eles bastava focarmos nos movimentos artísticos e nas novas técnicas de produção.

Concordo plenamente, necessitamos de todo este conhecimento técnico e de uma bagagem cultural, mas não podemos menosprezar a dura realidade do mercado. No entanto, acredito que o que nos garante uma certa vantagem e nos difere dos demais empreendedores é justamente o conhecimento adquirido ao longo do curso de design.

Com isso, o designer empreendedor possui conhecimento e feeling suficientes para saber o momento adequado para criar e lançar um produto inovador. Através de sua metodologia é capaz de pensar numa forma estratégica para inserir este produto no mercado, a partir da busca de referências, analise do público alvo e o acompanhamento dos resultados.

Ilustração:  Marco Nick