Adobe Photoshop CS6 está entre os 3 mais softwares mais pirateados do Brasil.

A Associação Brasileira de Empresas de Software (Abes) já solicitou a remoção de mais de 36.584 links, páginas e anúncios ilegais na internet brasileira no primeiro semestre de 2015. Na maioria são links de versões piratas ou ilegais de softwares proprietários. Entre eles esta o Adobe Photoshop CS6, lançado em 2012.

O curioso é que dois dos três no ranking da pirataria, não são tão novos assim. O primeiro – Windows 7, sistema operacional da Microsoft foi lançado em 2009. O AutoCAD 2015 é atual, mas o Photoshop CS6 tem três anos de idade já.

Segundo a associação, o número de páginas, links e anúncios removidos teve um crescimento de 35% em relação aos primeiros seis meses de 2014. Para eles o aumento está relacionado ao momento econômico do país, que faz com que pessoas e empresas cortem gastos e troquem os produtos originais por piratas.

Já eu acho que todo mundo resolveu formatar o computador em 2015 e resolveu pegar a versão mais “estável” dos piratas.

Via: G1

Distribua

A Evolução do Photoshop


O blog Techking criou um infográfico com a evolução das duas décadas do famoso Adobe Photoshop. Interessante!

Distribua

Vai de Open Source?

Eu sempre noto que muitas pessoas perguntam sobre a utilização de softwares livres para uso em sua agência/trabalho, visando gastar menos com taxas de software. Tendo em vista isso, fiz diversas pesquisas durante alguns dias para trazer as ferramentas disponíveis e também os detalhes de cada ferramenta.

O Software Open Source é um programa com o conceito de ser livre, ou seja não é vendido e nem almeja qualquer lucro para ser distribuído. Abaixo alguns exemplos conhecidos que rodam em multiplataforma, ou seja Linux, Mac OS X, Windows e alguns outros.

Open Office – Suíte de aplicativos para escritório (semelhante ao ofice)
7-Zip – Compactador de arquivos (semelhante ao winzip)

Blender – modelador 3D, motor de jogo e rendenizador (semelhante ao 3Dmax)

Inkscape – Editor gráfico vectorial (semelhante ao Illustrator, CorelDraw)

Scribus – Diagramação e organização de páginas (semelhante ao InDesign ou PageMaker)

Gimp – Editor de imagens (semelhante ao Photoshop)

Aptana – Software para desenvolvimento web (semelhante ao Dreamweaver)

Firefox – Navegador web (semelhante ao Internet Explorer ou Safari)

* Se esqueci de algum outro software importante nessa lista, deixa no comentário que eu implemento o artigo.

Eu fiz uma pesquisa esse final de semana, com alguns leitores via Twitter, MSN e Orkut e lista de email do dG. Buscando saber se há alguma limitação ou facilidade em utilizar os softwares de criação no dia-a-dia.

Bastante pessoas me ressaltaram o valor da criatividade sobressaindo o valor da ferramenta. Ou seja, se você sabe fazer bem, você fará, independentemente de ser um GIMP ou Photoshop. (Verdade? Talvez)

Algumas pessoas também sobre diversos problemas com GIMP como o “bug” da Wacom (onde fica com o lag no programa) e disseram que tentaram usar a ferramenta porém se depararam com o “Gimp Sucks” (em inglês) e voltaram ao Photoshop.

Quanto ao Inkscape, me foi citado que ele ta mais para um CorelDraw, do que um Illustrator, em termos de qualidade, deixando a desejar em diversos fatores ao criar um vector. Sem contar a compatibilidade com os formatos dos concorrentes. Porém reza lenda que é o melhor programa para caligrafia digital. Vide video abaixo.

No quesido 3D o Blender foi agraciado com funcionalidades avançadas, batendo muitas vezes de frente com o 3DMax (por quem sabe usa-lo, vide o video abaixo) e fica para trás apenas nas documentações e falta de tutoriais na net.

Já o Scribus, tem um problema maior, ele não é tão conhecido, não é compatível com theme windows 7 (ou seja se você o usa, terá de mudar para o modo clásssico, e também não possuí uma documentação de tutoriais vasta.

O Aptana teve o destino bem diferente, usado por muitos, o grande rival do Dreamweaver, fornece suporte a diversas linguagens como CSS, HTML, JavaScript, XML, PHP, Ruby on Rails, Adobe AIR, e também bibliotecas AJAX e no quesito documentação, conta com o Aptana.tv onde há amostras do uso do sistema, sem contar a imensidade de forums a respeito.

Infelizmente não tive mais tempo para testar um a um os sistemas, com excessão do Aptana, que o utilizo. Para detalha-los mais para vocês. Mas um ponto semelhante em todos as coisas open source, são muitas vezes a falta de documentação e forums por quem o utiliza. Isso o torna algo semelhante a uma dízima periodicacom final UM, dez pessoas usam o software, uma apenas que contribui e o resto apenas “suga: , o que acontece? a comunidade não se desenvolve!

O Resultado de usar software livre é se contentar com qualquer apoio, sem qualidade (muitas vezes), sem manual, e alguns sem recursos.

Ou seja, esqueça manuais, esqueça tutoriais. O Software livre precisa de uma compreensão diferente, você tem que fuça-lo, clicar nos botões e descobrir o que eles podem fazer por você. O manual não vai te ensina-lo, é apenas sua rêferencia para conhecer o programa as funções.

É um “amor” díficil, por assim dizer.

Ter uma agência com esses softwares, obrigando os funcionários que entram a abandonar suas ferramentas a operar uma nova, eu acredito que não é nenhum pouco agradável, viável. Porém se você está começando agora e se familiariza com o software e conseguir executar seu serviço com qualidade, porque não usar?
Mas meu conselho ainda é quebrar o cofre da agência e investir no pacote de softwares proprietário que seus funcionários utilizem.

Se você é um profissional e está pensando em usar essa ferramenta só para aparecer no currículo é burrice. Não importa o que você usa, importa o que você faz!

Peço a todos que estão leram este artigo que respondam a nossa enquete ao lado (Você usa software original?)


Distribua

Adobe anuncia Creative Suite 5

A Adobe anunciou hoje todos os detalhes sobre o pacote Creative Suite 5, a nova geração com 15 aplicativos para diversas áreas como design, desenvolvimento, vídeo e web.

Dos mais de 250 recursos criados para todos os softwares. O destaque foi para o After, Premiere e Photoshop que agora tem suas versões 64 bits no Mac OS X, o que traz um desempenho melhor. Vou listar aqui algumas novidades que achei interessante, lembrando que você pode conferir todos os detalhes clicando no ».

O Dreamweaver vem com o teste múltiplos browser de forma mais eficiente e agora passa e ter também o teste de frameworks, que permite que sejam testados CMS’s como WordPress, Joomla! e Drupal. »

O InDesign ganhou suporte a formato digital, ou seja agora é possível criar ebooks interativos, lembrando que os mesmos poderão ser visualizado no iPad. »

Já o Photoshop foi totalmente aprimorado, desde o recursos de bordas (magic) e agora conta com o Famoso Content-Aware Fill, já mostrado aqui.

O Illustrator ganhou melhorias em suas ferramentas e aprimoramentos, e agora passa a contar com pontos para criar perspectivas realistas, com profundidade e distância coerentes. »

Além disso, todos os programas incluem um software chamado CS Live, que permite a colaboração de diversos usuários.

Abaixo você pode conferir os preços e mais detalhes sobre os pacotes da Adobe, que atualmente estão em pré-venda, e estarão disponíveis em maio.

Se você não assistiu a apresentação online, assista aqui.

Que novidade do CS5 mais lhe chamou a atenção?


Distribua

Adobe anuncia lançamento da versão CS5

Depois de cerca de 19 meses de CS4 a Adobe anunciou ontem (24/03), que sua nova suíte de aplicativos criativos mais conhecida como Adobe Creative Suite 5 ou Adobe CS5 será lançada no dia 12 de Abril. A nova versão deverá trazer novidades em todos os aplicativos que compõe o pacote como Flash, Photoshop, Dreamweaver, Illustrator, InDesign, entre outros.

Para quem se interessou e quiser ver o lançamento ao vivo, poderá acompanhar através do Adobe TV ao meio-dia (horário de Brasília). Basta se registrar no site da Adobe.

Vale lembrar que no ano passado publicamos algumas novidades que a Adobe já tinha comentado como o Sneak Peek e o Content-Aware Fill que parecem interessantíssimos. Veja aqui.


Distribua

NOVO FIREFOX 3.5

ff
Gostária de lembrar a todos os usuários, que ontem foi lançado a nova versão do Firefox (3.5) e que o mesmo supera mais uma vez o Internet Explorer. Chegando a ser 250% mais rápido que ele mesmo (firefox). Abaixo listei algumas novidades que fiquei sabendo.

Algumas das novidades do Firefox 3.5

1. Renderização mais veloz de páginas Web.
2. Nova máquina de Javascript mais rápida que a anterior.
3. Suporte a elementos do HTML 5.
4. Suporte a multimedia (videos e audio) sem uso de plugins como Flash.
5. Acesso a dados Offline (sem conexão a internet).
6. Localização (Onde mapas são mostrados com localização exata).
7. Ele é 8 vezes mais rápido que o Internet Explorer 8
8. Há atualizações, SEMPRE.

Você poderá fazer o download aqui.

Vale lembrar a todos que em breve estaremos com o nosso novo layout, e poderá não suportar versões antigas como Internet Explorer 6.

Distribua

LabEEE – UFSC

 

O site do LabEEE, Laboratório de Eficiência Energética em Edificações, vinculado ao Núcleo de Pesquisa em Construção do Departamento de Engenharia Civil da Universidade Federal de Santa Catarina, disponibiliza informações valiosas sobre o tema “sustentabilidade”, além de oferecer donwload de softwares gratuítos na área.
 
O endereço do site é o http://www.labeee.ufsc.br/
 
Vale a pena conferir!
Distribua