Programa Bônus Design

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Uma proposta honesta para tornar o Design acessível às pequenas empresas.

O Bônus Design surgiu através de uma parceria entre o Centro Design Rio, o Sebrae-RJ e o Instituto Nacional de Tecnologia. Ele é um programa de incentivo às micro e pequenas empresas localizadas no Rio de Janeiro e seu objetivo é inserir o Design estrategicamente nesses pequenos negócios.

Além das empresas, designers também podem se cadastrar para oferecer seus serviços.

Mais informações no site: http://www.centrodesignrio.com.br/det_destaqueTeste.asp?codigo_destaque=11

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Distribua

One comment

  • Muito bacana esse tipo de iniciativa. Faz pensar sobre essa questão do design para pequenas empresas. Alias, todos andaram pensando muito nisso nos últimos dias, em decorrência da reportagem sobre um determinado site. Geralmente não se valoriza financeiramente o trabalho do designer porque design é, segundo consenso geral, algo sem grande importância, algo não muito difícil, algo que não “mata”, não é mesmo? Bem, visto dessa forma devemos pensar então que o acesso (ou não) ao design não e algo que deva preocupar muito um empresário. Afinal de contas, se um projeto visual é algo tão descartável a ponto de não merecer remuneração decente, pode ficar para depois não é mesmo? Mas todos dizem que a pequena empresa tem o direito a design de baixo custo. Somos todos muito bonzinhos e achamos que não é só de design barato que uma pequena empresa necessita, não é mesmo? Toda empresa, principalmente as pequenas, precisam de crédito. Crédito no sentido de empréstimo. Quase ninguém tem um pai rico para bancar. Então o empreendedor tem de ir ao famigerado Banco. E o que ocorre? Quanto menor a empresa mais difícil será a captação de dinheiro e maiores serão os juros. Baita sacanagem não é mesmo? Mas se você for observar só a frieza dos números verá que a chance de uma empresa iniciante quebrar é gigantesca. Então o banco faz o calculo do risco e resolve dar um belo não ao pequeno empresário. Os juros continuam estratosféricos porque o governo não conseguiria mudar isso nem se quisesse. Uma empresa precisa de funcionários. Por exemplo, uma escola de idiomas precisa de bons professores. Se ela pagar um salário irrisório terá péssimos profissionais e com tempo não terá nenhum aluno. Com menos impostos esse professor poderia sair bem mais em conta. Mas ninguém quer mexer nisso. É UMA PENA. Mas o mundo é assim mesmo. Ter um pequeno ou grande negócio não é brincadeira. Mas, para alguns, o papel do designer e levar soluções gráficas quase de graça para as pobres pequenas empresas. Alias, pequenos escritórios de design também podem entrar nessa? Mas pode falar uma coisa? O pequeno empresário não é um pobre coitado que não pode pagar por um trabalho bem feito. Senão ele não vai poder ter advogado, contador nada. O pessoal brinca do logo da “Padaria do Seu João”. Acredite, SE O SEU JOÃO TE CHAMOU PARA FAZER ALGUMA COISA, seja uma nova logo, seja uma embalagem para a sacola de pão é porque ele precisa daquilo. E porque ele ganha dinheiro com aquilo. Existem padarias que faturam R$100.000,00 R$200.000,00 por mês, sabiam? Não estou falando para chegar enfiando a faca no pescoço de ninguém, mas vamos tentar manter o nível certo da nossa profissão.