Semiótica aplicada


Como rolou um bom papo aqui sobre semiótica lembrei do trabalho dos meus amigos da UFSC, João Henrrique Moldernhauer, Daniel (Larusso) Barros e João Pedro (Caxias) Cardoso sobre o assunto.

O tema era, se não me engano, montar um escritório conceitual e representar a metodologia de alguma forma. Daí eles apavoraram com este vídeo.


O nome do escritório fictício (q ainda pode se tornar realidade) é Pulo do Gato. Notem o conceito no final, onde as imagens representam o pulo do gato, mas sem mostar o gato.

Coisa fina.

5 respostas para “Semiótica aplicada”

  1. Gostei muito da conotação entre os objetos e a música, tive que ver várias vezes o vídeo para entende-lo, muito bom o trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *