Volks lança no Brasil maior centro de criação de veículos

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A Volkswagen do Brasil lança nesta quinta-feira, na unidade de São Bernardo (ABC), o mais moderno centro de design de veículos do grupo no mundo. O evento de inauguração terá a presença da chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e do presidente mundial da companhia alemã, Martin Winterkorn, além do presidente da empresa no Brasil, Thomas Schmall.

O centro de realidade virtual, que custou à empresa R$ 4,2 milhões, permitirá a criação e alteração de veículos por designers e engenheiros em 3D, com mais precisão de detalhes, texturas e cores.

Os veículos podem ser vistos em tamanho real, em uma tela de mais de 5 metros sem emendas. “O que nós fizemos foi o mesmo que o [Steven] Spilberg fez em Jurassic Park. Parece realidade, mas é matemática pura”, afirma Gerson Baroni, gerente executivo de design.

A simulação virtual poderá ser acompanhada simultaneamente pelas outras unidades do grupo no mundo. A empresa informou também que o novo sistema reduz tempo e custos no desenvolvimento de produtos, mas não especificou valores.

Baroni disse que o centro é o mais moderno da empresa e mais atualizado tecnologicamente para as projeções virtuais, feitas em dois canais. A idéia é que o veículo deixe o mundo virtual e passe aos tradicionais modelos feitos de argila (clay) ou resina (hardware) quando estiver apenas em fase de finalização do design.

“A Volkswagen do Brasil foi a primeira a ter um centro de desenvolvimento de veículos ainda na década de 70 e passou a desenvolver seus próprios modelos. Agora, com o mais moderno estúdio de realidade, vamos agilizar a nossa interação com a matriz e outras empresas do grupo, pois todas as fases de desenvolvimento de um carro poderão ser acompanhadas com modelos virtuais em tamanho real”, afirma o presidente da Volks, Thomas Schmall.

Ele afirmou ainda que o centro poderá ser utilizado para desenvolvimento de veículos que serão produzidos em outras unidades da empresa, fora do Brasil.

Schmall destacou que os veículos hoje são desenvolvimentos de forma global. “Ninguém mais faz veículos apenas para mercado nacional, assim como nenhum país trabalha sozinho”, afirmou.

Segundo Schmall, um carro novo pode levar de cinco a seis anos para ser apresentado ao mercado, considerando desde as pesquisas com consumidores até a criação de design, a montagem e a homologação.

Já um veículo derivado de uma plataforma já existente leva de um ano e meio a dois anos para entrar no mercado.

Matéria Realizada por KAREN CAMACHO Editora-assistente de Dinheiro da Folha Online
Link Original:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u401897.shtml

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Distribua

8 comentários