Agência de Papelão

nothing
Os designers Alrik Koudenburg e Joost van Bleiswijk (criador da técnica de trabalhar com papelão sem usar cola e pregos/parafusos) resolveram elevar o nivel de suas criações com papelão. Criando um escritório de papel para a agência de publicidade Nothing de Amsterdã, Holanda.

A ideia se resume em criar do algo do nada (Nothing) . E conseguiram, mesas, vasos, divisórias, estantes, mezaninos, mesas, letreiro, escadas e entre outras feito tudo com papelão.

7096075_613875a86f_o1

7096092_6d711b39ba_o

7096087_e7a5eb7e57_o

7096086_4de9bb11d4_o

7096085_f88161d932_o

7096083_9a179def86_o

7096082_5ecd749e5f_o

7096080_9b176ffc3b_o

7096079_0aad3904af_o

7096076_bbae71dd4a_o

7096077_263150fb3b_o

7096090_a721ae799e_o

Mais fotos aqui

fonte: Treehugger.

  • Essa mesa não duraria um mês comigo rs. Sempre tenho o dom de derramar café quando preciso da minha dose diária rsrsrs

  • Muito interessante…. mas existe algum tratamento no papelão para deixá-lo mais resistente? Se existir, tomara que não seja nada químico ou poluente. Amassa fácil? E se eu derrubar algum líquido? E em caso de incêndio? A agencia iria pro saco em “30 segundos”?
    A primeira vista parece um projeto sustentável, mas depois q passa o impressionismo as dúvidas aparecem e o tornam duvidoso.

    Pode ter sido feito simplesmente para gerar mídia espontânea e gratuita, mostrando o potencial de comunicação da agência.

  • O papelão vem da celulose, q um dia foi uma árvore – mesma materia prima das mesas super resistentes que conhece!! O papelão, uma vez recompactado e disposto de maneira que suas fibras deem sustentação umas às outras, pronto, tens um material taum rigido e solido como uma madeira maciça. Se quiser podes fazer um acabamento para proteger o tampo, como aplicação de ScotchGard, ou mesmo um simples papel Contact…

    Em caso de incêndio, creio q sua casa inteira viraria fumaça do mesmo jeito. Deve-se lançar mão de dispositivos que combatam o incendio, e não fazer mobiliário e residencias de titãnio para aguentar a temperatura das chamas – oq ainda assim seria impossível dada a infima quantidade restante do minério na superficie terrestre.

    Creio que o conceito que tentam passar eh: MESMO COM COISAS QUE ACHAVAS QUE DEVERIAM IR PARA O LIXO, PODEMOS CONSTRUIR MUITAS COISAS UTEIS! Deves saber tb que, 80% das embalagens são jogadas fora assim que chegam aa casa dos compradores. E uma grande maioria delas, eh de papelão – ou de materiais reciclaveis ou mesmo reutilizaveis, sem nenhum gasto adicional de energia nem matéria-prima para reprocessá-los.

    O único porém: segundo a Semiótica Peirceana, nada vem do NADA. Tudo teve seu antecessor e gerador, por mais inovador e revolucionário que pareça.

    Gostei bastante! =D

  • Como arquiteto acho impressionante a maneira de construir coisas de papelão, mas se torna quase efémero devido a fragilidade do material. No Brasil utiliza-se a massa de papelão para moldar móveis e se agregarmos cola para madeira, a resitência dobra, mas o fato é que para o fogo nada disso importa, já para a umidade é possível utilizarmos tintas a base de água que deixaria mais impermeável e resistente a líquidos. Mesmo assim é inovador….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *