COBERTURA CHARNEIRA

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Ontem as 18 horas começou o Charneira (semana acadêmica de design da PUC), e como todos sabem estamos dando cobertura ao evento. Então vamos falar um pouco sobre o que rolou ontem….

O Tiê abriu o evento agradecendo a presença da galera e apresentando o Alexander (UFPR) que foi um dos criadores do documentário “A Folha que sobrou do Caderno” que já foi postada aqui. Em seguida rolou “meio que” uma mesa redonda com dois alunos um de faculdade pública (Alexander, UFPR) e outro de faculdade particular (Fabio, PUCPR) e dois professores nas mesmas condições (Bini PUCPR e Casela UFPR), para falar sobre como são os jovens de hoje, que grande parte são desleixados e entram em uma faculdade com o único e exclusivo objetivo de ter um diploma e não o conhecimento passado durante os anos.

Após todo o debate e algumas opniões que na minha opnião foram egocêntricas. Chegou a discução geral, onde o professor Haroldo de Paula (PUCPR) também participou com boas opniões sobre o país que estamos vivendo, com dados levantados por revistas e como melhorar não só o SEU CURSO, mas a SUA INSTITUIÇÃO DE ENSINO. achei super bacana!

Teve diversas opniões entre os integrantes que estavam compondo a mesa redonda e também quem “ligado” no assunto.

Pra não dizer que foi perfeito a palestra, teve um cara que assim como o Fabio se equivocou e acabou levantando opniões irreais sobre os eventos de design (que são comentados no documentário que assistimos), que são apenas baladinhas e que ninguém deveria ir. Infelizmente o tempo estava escasso e não deu tempo de eu falar lá. Bom mas vale lembrar que pra formação de um profissional não é apenas a faculdade é o MARKETING é dessa forma que você pode conhecer seu futuro cliente, seu futuro sócio ou quem sabe mesmo até seu futuro empregado ou patrão. Não é porque 250 tão fazendo a festa e enchendo a cara que você precisa ir lá com eles, sempre tem uma pessoa afim de conversar nestes.

A propósito, a noite quando eu chegar em casa eu coloco o comunicado oficial do N sobre isto.

Amanha tem mais sobre HOJE. =)

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Distribua

3 comentários

  • O primeiro dia foi tranquilo, legal e com um público bonito. Fora essa palestra ainda rolou um evento da AIMEC, a banda do Félix Bravo, com um som maneiro.. Uma palestra sobre moda com a Celinha e a Um Olhar Fotográfico com a Patricia Lion do Tapume.org. Distribuição de mudas (ao total já foi distribuido umas 300 mudas). Hoje vai ter a entrega do livreto de programação e quem não levou 1 kg de alimento pode levar hj para pegar o kit. A Charneira só vale com apresença dos participantes, para gerar idéias, soluções, questionamentos e a quebra de paradigmas, queremos uma sociedade melhor...um olhar além.
  • Achei a mesa bem produtiva, sai dela e conversei com algumas pessoas sobre o que foi levantado, foi construida uma boa discussão em cima dos tópicos. Eu não falei sobre nenhum evento de design, não estava lá pra isso. Dei alguns dados sobre a mercantilização (ao meu ver) do ensino de design no país e umas opiniões sobre o curso na PUC. Cara, o principal assunto da mesa foi educação e quase não se falou sobre os eventos de design. E não acho que o exista marketing (network é network, marketing é markting, a menos que vc se trate como um produto a ser explorado) na formação de um profissonal (o que também não é o papel principal de uma universidade).
  • Todo o conhecimento genuedno tem oegrim na experieancia directa. Mao Tse9-TungPor este pensamento do camarada Mao teremos que dar raze3o ao Drba Lueds F. M. Alexandre pela experieancia industrial e comercial que ao longo dos anos tem criado e implantado nesse Algarve.Homem que fala do que sabe e ne3o e9 de estranhar a preocupae7e3o do Engba Jose9 Mace1rio Custf3dio Correia na procura do contacto com um investidor de grande experieancia e reconhecido em Faro e tendo no seu curredculo como sendo o homem que mais postos de trabalho criou em Albufeira que o diga o presidente Deside9rio Jorge Silva.Fe1cil e9 de concluir que o atraso de desenvolvimento da baixa de Faro sf3 tem um culpado, foi o presidente actual ne3o ter dado ouvido ao Dr baLueds Alexandre.Quando se denuncia as barreiras jureddicas e poledticas da classe que domina e explora, denuncia-se o que este1 errado e, assim procedendo havere1 um ganho imenso de sentido para a vida, tornando com isso o sujeito cada vez mais auteantico. Contudo existem "cidade3os e cidade3os". Infelizmente o problema a que se depara e9 ainda maior do que a quase incapacidade de muitos de perceber que "existem poledticos e poledticos"Ou seja, os eleitores filtram as informae7f5es e ouvem apenas o que querem.Os poledticos ne3o precisam falar apenas o que os eleitores querem ouvir, je1 que os eleitores interpretam tudo o que eles dizem de acordo com suas prf3prias ide9ias. Ainda este3o a tempo os eleitores de Faro procurarem num movimento de cidade3os proporem como candidato a Faro o Drba Lueds Filipe Alexandre,que pela sua experiencia industrial, economica e politica, Faro daria um salto na economia nacional.Hagakure