Design Thinking – Conteúdos disponíveis na web

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

É muito comum me perguntarem sobre materiais e referências em Design Thinking, o que é, como fazer, etc.

Aqui reuni vários links de artigos, livros, palestras que podem ser mais interessantes para quem não conhece o tema se inteirar melhor mas também para quem já conhece encontrar algo novo. Sendo assim vou listar nesta ordem, de conteúdos mais básicos e generalistas, até aplicações e cases.

Caso tenha algum link, idea, artigo, vídeo, etc que ache interessante compartilhar por favor contribua nos comentários.

Have Fun!

🙂

Introdução:
É um apanhado de vários artigos mas os mais legais estão no início. Alguns artigos do bloco People poderiam ser usados para seminário ou algo assim.
E melhor, está disponível no google books (pelo menos os artigos iniciais mais interessantes)
A simple explanation about Design Research and Design Thinking methods.
Tim Brown (IDEO) explica a diferença entre Design Thinking e o design tradicional e por que o primeiro pode ser um abordagem mais condizente com os dias de hoje.
Um ótimo artigo da Denise Eler ( Coordenadora do Núcleo de Design da Universidade Corporativa do Grupo Fiat –  Isvor Fiat )
No link seguem o video da palestra, o PDF da apresentação e a transcrição (facilita citações).
Sobre o método:
Livro da IDEO com diversas ferramentas sobre design centrado no ser humano.
Livro básico de ferramentas da Design School de Stanford.
Publicação da AIGA sobre etnografia aplicada ao design.
Documentário do IIT sobre como fazer entrevistas e conseguir informações relevantes dos usuários.
Desenvolvido durante o doutorado no Politécnico de Milão.
Cases:
A Continuum desenvolveu uma pesquisa sobre como os consumidores americanos percebem a sustentabilidade  eprodutos sustentáveis.
Reassessing ICTs (Information and Conmunication Technologies) and Development: The Social Forces of Consumption
Intel + insitum – Pesquisa da Intel sobre adoção de tecnologia do ponto de vista cultural. Deste tipo de pesquisa surgem produtos como o Classmate. Aqui você pode ler o paper “Reassessing Information and Comunication Technologies and Development:The Social Forces of Consumption”.
Vizualizações:
Muitas vezes a melhor forma de apresentar um conceitos etéreis é com um video, aqui alguns exemplos.
The IDEO Palo Alto play team cast its work in a future where the experience of play is shaped by the context of expensive electricity – where power needs to be harvested to charge toys and ubiquitous computing devices. The video, one of two from the team, portrays a day in the life of a young girl on a mission, who follows her whims (and defends her honor) along the way.
The IDEO Palo Alto play team cast this second of two videos in a future where the experience of play is shaped by the context of expensive electricity – where schools make it mandatory for children to play in order to offset the expensive fossil fuel charges. Essie, the main character, goes so far as to steal energy from a fellow student so that she can later animate her own pretend world, which is… entirely dependent on electric power.
Bolsas das Havaianas
Aqui você pode ver o video e o case completo.
 

Butler é o Diretor de design da Coca-Cola e principal responsável pela revolução pela qual a empresa vem passando nos últimos anos, não apenas em sua linguagem de design (a lata vervelha mais limpa, por exemplo) como no mix de produtos (incluindo a coca-cola zero e a plus, ambas voltadas para um consumo mais saudável).

 

Aqui ele fala sobre sua atuação em design e como ele sentiu que poderia fazer pouco se mantivesse a antiga visão do que é design e qual é seu papel e como migrou para um design mais estratégico. Argumentos muito parecidos com do Tim Brown da IDEO.
As outras palestras deste evento também são muito boas.
Blogs e outros periódicos:
Por hora é isso pessoal.
E aí, o que mais temos nessa grande internet que pode ser útil dentro deste assunto?
Comentem!
🙂

 

 

 

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Distribua

6 comentários

  • Eu prefiro chamar design participativo , temos agora um site com muito conteudo ao respeito, infelizmente por enquanto em espanhol Aos poucos vai ficar com muito material ao respeito deste sistema mais efetivo de fazer design www.disenoparticipativo.com
  • Não gosto de entrar em discussões sobre qual rótulo será colocado. Temos o pessoal do Service Design e etc. O que faremos se a Ideo propularizou o termo e fincou essa bandeira? Pra mim dá tudo na mesma, só acho que "design thinking" é mais abrangente que a maioria das outras "definições" e gosto disso.
    • Concordo com você Fernando. O design thinking é um termo muito abrangente, que nos leva a observar o design de diversos ângulos e não somente pelos métodos tradicionais ensinados e/ou abordados até hoje. Design thinking é mais do que uma simples definição de design, na verdade é um novo horizonte para a profissão onde não existe um única diretriz para a criação ou certo e errado, o que existe é a exploração de novos meios. Parabéns pela coletânea de artigos, são muito bons. Abraços.
  • Concordo com Fernando, As deifinções são muitas e na real o que importa é o que interessa. Acredito no Design Thinking como um processo para se colocar em prática a colaboração e a co-criação, que permite a efetiva participação de atores de distintos formações e perspectivas. Entendo o design como um método eficaz para a resolução de problemas complexos e estratégicos. Resumindo o Design Thinkig é uma ferramenta à nosso dispor | mais uma. Parabéns pelo conteúdo! Abs Andrea Toledo