Pequenos calçadistas no sofisticado mundo da moda

Há 14 anos produzindo botas para trabalhadores rurais em Guaxupé (MG), o empresário José Pires viu, em junho, seus sapatos calçando pés de modelos no Fashion Rio, um dos maiores eventos de moda do Brasil. Mais que idéia de algum estilista inspirado, a estréia nas passarelas é resultado da reinvenção da fábrica de Pires e de outras sete pequenas empresas do pólo calçadista da cidade mineira. Desde janeiro, elas recebem consultoria do estilista Walter Rodrigues para renovar seus modelos e, assim, conseguir competir em um dos mercados que mais sofrem com a concorrência chinesa e a valorização do real frente ao dólar.

“Para competir no mercado, a pequena calçadista precisa se diferenciar, investindo em produtos com maior valor”, diz Sônia de Almeida, coordenadora estadual da Cadeia de Couro e Calçados do Sebrae-SP. A entidade e a Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal) criaram o projeto, que ocorre também nos pólos de calçados de Farroupilha (RS), Jaú (SP), Franca (SP), Santa Cruz do Rio Pardo (SP) e Birigüi (SP).

Leia a matéria completa de Marianna Aragão na ASN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *