Seminário IDEA Brasil 2010

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Ontem na ESPM em São Paulo rolou o Seminário IDEA Brasil 2010 com a presença de John Barratt da Teague e Ken Nah Coordenador do Seoul World Design Capital.

Ken Nah (clique para saber mais do perfil) dirige a iniciativa de fomento de design mais abrangente e poderosa que já vi. Seul e toda a Coréia investe PESADO em design como movimento estratégico do país, e não é o design de butique que tantos gostam de praticar e enaltecer por aqui, é alta tecnologia e abrangência para as mais diversas áreas pois por lá o Design Thinking já é o padrão no pensamento do ensino. Outra coisa fenomenal é que a proposta deles não é meia dúzias de caras com gola rolê preta e óculos de aro grosso falando bobagem mas sim em integrar toda a população da cidade, principalmente os mais velhos já que o país tem mais de 14% da população acima dos 65 anos(!), isso é um crescimento vegetativo mais alto do que o do Japão!

Uma peculiaridade é o protencionismo do governo em relação as atividades de design. Escritórios em empresas em geral ganham incentivos, o país possui vários centros de design e inovação que funcionam como o SEBRAE daqui. A quantidade de alunos formados por ano também é enorme, mas como existem incentivos a máquina consegue girar, não como em um certo país onde, até onde sei, 5% dos formados atuam na área*.

Mas isso compensa, por exemplo. Quando o Google resolveu desenvolver o Nexus falou com a Sony Ericson que ignorou o projeto (é… tem gente que ignora o google… so sorry fellas) foi então que o gigante procurou a coreana HTC e pode ter certeza de que isso ainda vai dar muita dor de cabeça (ou $$$) pra qualquer um que trabalhe no universo de mobile.

John Barratt da Teague mandou muito bem. O escritório (pasmem) tem mais de 80 ANOS! SIM, de dar medo. O primeiro carro com um designer metido no desenvolvimento é deles, o projeto da rede da Texaco nos US, a primeira a cobrir o país todo e oferecer serviços adjacentes como mecânicos e utensilhos. Hoje trabalham com empresinhas como Boeing, Microsoft, Philips e Nike levando um mantra de 3 pilares, Criatividade, Negócios e Human centered, o que é muito bom… MAS eu mandei a pergunta “e a sustentabilidade nessa história?” Porque afinal de contas se vc fizer algo que faz sentido e é atrativo para as pessoas, de forma criativa E focado em negócios sem ter nenhuma consideração com a sustentabilidade, amigão, TU TÁ CRIANDO UMA BOMBA! Gostei que o John não teve papas na lingua e foi bem honesto, eles possuem um “Green Team” que se mantém atualizado e é capacitado em dar o olhar da sustentabilidade nos projetos, mas não é o foco da empresa e eles nem assumem essa posição fortemente perante o mercado para não sofrer criticas e pressões, compreensível até…

No final ele deu uma cutucada no Ken Nah sobre o protencionismo coreano, o professor se defendeu dizendo que é uma situação temporária e necessária. Eu acho que o John está com uma invejinha pq o mercado americano derreteu e a coréria decola firme e forte.

Cara, foi bem edificante isso. Nem imaginava que pudesse haver um escritório de design nos moldes standard vivo a tanto tempo, nem que uma cidade conseguiria aplicar os principios de design thinking de forma tão forte.

Valeu minha noite.

*Um professor mandou essa na primeira aula q tive na faculdade, foi o verdadeiro trote daquele ano, pena q era verdade…

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Distribua

One comment