Setor moveleiro paraense terá Centro Tecnológico

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

por: Jecyone Pinheiro

Novidade foi anunciada durante visita do presidente do Sebrae, Paulo Okamotto, ao Estado; objetivo é fortalecer a indústria moveleira e aumentar a competitividade.

Belém – Até julho próximo, a produção de móveis na região amazônica vai ganhar um novo fôlego. Foi o que anunciou o presidente do Sebrae, Paulo Okamotto, em visita a Belém (PA). Em pauta, a criação de um Centro Tecnológico de Serviços às micro e pequenas empresas do setor moveleiro na região.

Durante a reunião, que aconteceu no prédio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia, na última sexta-feira (9), foi discutido um conjunto de iniciativas para promover o segmento de madeira e móveis a partir de um convênio entre o Sebrae, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Conselho Moveleiro das Indústrias de Móveis da região de Marche, na Itália, e o governo do Estado. O convênio, que prevê a criação do Centro de Serviços Tecnológicos que funcionará no Pará e no Amazonas, dando suporte inclusive ao Amapá, reunirá investimentos da ordem de US$ 5,1 milhões.

A intenção do Sebrae com o projeto, inédito no País, é fortalecer a indústria moveleira no uso de ciência e tecnologia e aumentar a competitividade internacional do setor. “O Centro apresentará soluções tecnológicas para empresas moveleiras a partir da demanda dos empresários”, informou Okamotto, ao ressaltar que os recursos já foram repassados e já constam no orçamento do Sebrae Nacional e dos estados mencionados.

Participaram da reunião o titular da Secretaria de Estado de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia, Maurílio Monteiro; o diretor-superintendente do Sebrae no Pará, Hildegardo Nunes; e o diretor operacional da instituição, Cláudio Ribeiro.

Design

A produção de móveis na Amazônia hoje responde por 400 mil empregos diretos e indiretos na região e, somente na área metropolitana de Belém, existem cerca de 1.300 movelarias responsáveis por mais de dez mil empregos diretos.

O Centro Tecnológico é um projeto-piloto no Brasil que visa facilitar o acesso ao mercado e ao crédito pelas pequenas movelarias, bem como incentivos tecnológicos, orientação em design e reaproveitamento dos resíduos de madeira. “Nossa intenção é de que o Centro ofereça suporte às movelarias em todas as áreas para o melhor aproveitamento da produtividade”, disse Okamotto.

O secretário Maurílio Monteiro afirmou que o projeto é de grande importância para o crescimento do setor no Estado. “Vejo o projeto com muito entusiasmo já que o mesmo vai ao encontro da política de desenvolvimento do governo estadual que visa ampliar a tecnologia dos produtos ofertados”, comentou. Segundo ele, o Centro evidenciará todo o trabalho da Secretaria para intensificar a capacidade tecnológica dos produtos. “Por isso, daremos todo o apoio possível e, com certeza, ampliaremos cada vez mais nossa parceria com o Sebrae”, comentou.

Na ocasião, o presidente do Sebrae disse que a instituição oferecerá total apoio à Secretaria de Ciência e Tecnologia que trabalha atualmente o projeto de construir um Parque de Ciência e Tecnologia no bairro do Guamá, cujo plano de negócios foi acertado com o Sebrae. O parque já conta com a parceria da Universidade Federal do Pará e Financiadora de Estudos e Projetos (UFPA/Finep) para funcionamento de dois laboratórios de energia elétrica.

“Será, com certeza, um aporte significativo, haja vista a experiência do Sebrae em consultorias na área de negócios, o que muito vai nos ajudar na elaboração de um plano consistente”, comentou Maurílio Monteiro. O projeto está em fase de elaboração do Plano Diretor e Urbanístico.

Para o diretor superintendente do Sebrae no Pará, Hildegardo Nunes, o projeto é resultado de uma somatória de esforços e inteligência. “Precisamos conversar com o setor produtivo para que sejam estabelecidos pontos de convergência entre os envolvidos no processo”, comentou, ao enfatizar que a parceria contará com o apoio do Centro do Design da Amazônia, que também participará da ampla rede de instituições que darão suporte ao projeto.

Serviço:
Sebrae no Pará – (91) 3181-9000

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *