TED

 

28/04/09 – Joseph Pine: What do consumers really want?

Ótimo talk. Útil pra quem aborda estágios mais avançados na hierarquia do simplismente empurrar mouse.  

 

29/03/09 – Pattie Maes & Pranav Mistry: Unveiling the “Sixth Sense,” game-changing wearable tech

Pessoal do MIT desenvolvel um produto com o intuito de dar ao ser humano um sexto sentido, a capacidade de acessar informação sobre tudo o tempo todo atravéz da internet.

Se preparem, as coisas vão mudar.

 

14/01/2009 –  Tim Brown: The powerful link between creativity and play

Tim Brown é CEO da famosa IDEO. Nesta palestra aborda criatividade de uma forma também criativa para demonstrar as tecnicas e abordagens de um dos mais importante escritórios de design do mundo (se não o mais importante mesmo).

“Veja o mundo com novos olhos, seja uma criança” parece ser a mensagem final.

 

15/02/2008 – Sir Ken Robinson

O cara é simplismente muito bom. Fala sobre criatividade na educação atual e como o modelo utilizado para instruir crianças do mundo todo prejudica enormemente o desenvolvimento da criatividade e obviamente do sujeito criativo que muitas vezes por não se enquadrar no regime habitual de ensino se torna um pária dentro da escola sendo segregado e tido como “criança problema”. Eu era desses, já fui expulso de uma escola e reprovei a 7° série, por acaso foi o ano q eu resolvi desenhar o tempo todo, e olha só, hj sou um designer de produto…

Um argumento que ele usa (e que é comprovado por pesquisas, além, claso do mais básico senso comum) é que as crianças q estão na escola hj se aposentarão em 2065 mais ou menos (além de ter uma espectativa de vida maior q a de hj). Agora pense no quanto é difícil prever os acontecimentos dos próximos 6 meses, imagine nos próximos 5, e os 50? Então, basicamente, vc está ensinando coisas hj que ninguém sabe o quanto serão úteis, e nesse sitema de ensino do decoreba, em que vc deve juntar informação e não aprender a usá-la, casa-la com outras informações e ter outras fontes além de um livro e um professor, como esse ensino pode se considerar o único modelo no mundo?

A criatividade estimulada entra pra ser a maneira de buscar e processar novos conhecimentos, bem como transforma-los de alguma forma em benefício para sí e para os outros.

Ouçam o cara.


 

PS:. Claro que eu e o Juneco já sabiámos disso, não é atoa que fizemos a nossa Rafa.

🙂

07/02/2008 – Jaime Lerner

Para quem não é do Paraná e não conhece, Jaime Lerner foi prefeito de Curitiba e governador do estado por um bom tempo.

Antes que saiam reclamando q ele privatizou as estradas e queria privatizar a Copel (q eu pessoalmente fui contra ajudando a depredar o centro cívico, hehe, bons tempos…) entre outras coisas de ruim, tenho q dizer: Jaime Lerner foi um puta governador. Se não fosse ele o Paraná ainda seria um fazendão de soja e milho, coisa que o atual Requião adora, ele só fica triste de não ter mais mamonas no estado.

Então, se Curitiba é hoje um exemplo de cidade em termos de transporte público, cidadania, utilização de espaço urbano, cultura e o escambau, e até se tem esse ar de “capital brasileira do design” é por causa desse cara. Tá, rasguei uma seda, me processa.

Nessa palestra tb percebi q o Jaimão tem uma certa picuinha com carros, como eu, e como os amiguinhos do apocalipse motorizado. Daí que não fica tão estranho privatizar estradas… encher de pedágios… dificultar viagens de carro com apenas uma pessoa a bordo, encarecer o transporte de grãos… o que poderia, com o tempo, favorecer uma indústria de bens de consumo. Pior q foi o que aconteceu. Só discordo do lance da Copel, que hoje deixa o Paraná em uma posição privilegiada em questão de energia e ainda vai ser um grande diferencial para a indústria nacional, principalmente com os “apagões” da vida.

Frase boa: “O carro é como a sogra. Você tem que conviver com ele, mas ele não pode mandar na sua vida. E se sua sogra é a única mulher da sua vida, vc está com algum problema”

Boa.

Só perdoem o homem pela musiquinha infame no final…

 

Pesquei no Update Or die, que quase não merecem o link, já q vivem praticando uma usura básica pra manter os leitores dependentes…

27/12/2007

Philippe Starck: Why Design?

Se vc está lendo sobre design já deve ter ouvido falar desse nome, provavelmente por um espremedor de cítricos ou um tutibrushi. Nessa palestra o figurassa conseguiu acabar com um preconceito q eu tinha, de q ele era só sobre produtinhos babaquinhas e que era um dos grandes culpados por papos que não levam a lugar algum sobre limites entre design e arte, ele dá um show, sem brincadeira, depois disso realmente respeito o Philippetas.

Caso esteja muito complicado o inglês carregado no sotaque francês do tio dá uma olhada por aqui que tem uma transcrição doa palestra.

 

Fonte: Core77 (sempre eles…)

Hans Rosling: Debunking third-world myths with the best stats you ever seen

Uma ÓTIMA olhada nos padrões econômicos e de saúdo das várias regiões e países do mundo. Tão impressionante quanto os gráficos e informações copiladas que provavelmente vão mostrar que seus preconceitos estão errados sobre o que ocorre no mundo e sobre os padrões e relações entre economia/qualidade de vida/saúde é a meneira que o software desenvolvido consegue demonstrar estas relações, tratando muitas variáveis simultaneamente e a maneira como elas mudam durante um período de tempo.

Com certeza a interface e os métodos de apresentação e a arquitetura da informação são de altíssimo nível, e a serviço de algo melhor do que vender mais eco-sport.

 

Dica: aqui entre nós

 

TED é uma sigla para Technology, Entertainment e Design que nomeia um evento que busca desde 1984 reunir estas 3 áreas em um mesmo espaço de discussão onde grandes nomes dão palestras inspiradas e inspiradoras. Como os conteúdos destas palestras são extremamente densos, interessantes, inspiradores além de recheados de informação resolvi indicar este material por aqui de uma maneira um pouco diferente.

Este post é permanente, sempre que eu vir uma palestra que ache interessante vou colocar aqui e trazer o post de volta pra berlinda. Caso mais pessoas se empolguem com o site (como eu já venho fazendo) podem colocar links para palestras nos comentários. Preferi colocar os links pra quem quiser assistir e baixar (total creative communs) ao invés de anexar os vídeos, se marcar mudo de idéia depois, veremos.

Enjoy.

7 respostas para “TED”

  1. Sei lá se rola escrever aqui ou não, mas o Philippe Starck ano passado chutou o balde de tudo que ele havia feito, não? lançou um “mea culpa” e disse que havia revisto seus “porquês” no design… Se pá é até tudo o contrario do que ele diz nessa palestra…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *