Latas e garrafas pet viram bijuterias e pe

Uma revoada de borboletas e graciosos beija-flores feitos com latas de alumínio e garrafas pet, além de bijuterias e peças utilitárias encantam os consumidores e garantem uma renda extra à aposentada Silvestrina Bastos de Freitas, conhecida como Dona Veta, de 58 anos, moradora de Várzea Grande. Desde que se aposentou do trabalho com menores infratores passou a fazer artesanato e hoje se dedica exclusivamente a peças com material reciclado, além de dar cursos em feiras e eventos promovidos pelo Sebrae Mato Grosso, como a Feira do Empreendedor de 2007 e o Circuito Empreendedor neste ano no dia 27/04, estará em Alto Taquari, a 509 km da Capital.
Leia a matéria completa de Rita Comini na ASN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *