“Pode deixar que eu ligo sim, me dá seu cartão?”

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Aí ele congela. Leva a mão à carteira só pra fazer cena, e solta a clássica: “desculpe, acabei de entregar meu último cartão…”. Papo furado! Esse designer picareta nunca se deu ao trabalho de produzir um cartão próprio. Talvez nem uma marca própria!

Uma das coisas mais importantes para designers freelancers é ter SEMPRE na carteira um maço de cartões de visita. O fato é que muitas oportunidades de negócio($) são perdidas pela simples falta desse pedaço de papel. Parece exagero, mas é verdade.

Você pode estar pensando: “tudo bem, se eu não tiver um cartão na hora, é só pedir o telefone da pessoa e ligar mais tarde…”. Claro. Daí uma semana depois você vai ligar, gastar uns 5 minutos para fazer o cliente em potencial lembrar com quem está falando e… ? O que você faz? Pede para ele anotar num papelzinho o endereço do seu portfólio ou e-mail, torcendo para que o sujeito do outro lado da linha anote direito e consiga entender a própria letra depois. Grande.

Ao contrário, se você tiver produzido um cartão atraente, um dia, quando o cliente em potencial precisar de um designer, vai poder visitar seu portfólio, entrar em contato e bom, o resto da história a gente já sabe.

É um investimento considerável, eu sei, mas se custar R$ 200,00 para produzir 1.000 unidades de um modelo com faca especial, verniz, etc, e, se apenas 1 der resultado (sendo pessimista), provavelmente já vai dar pra pagar o custo de produção e ainda vai sobrar uma grana pra gastar no boteco.

Por isso, se você ainda não tem um cartão, aqui tem uma galeria com alguns exemplos alternativos, para servir como inspiração. Vai lá, não perca tempo! Ou você também vai querer passar por um picareta?

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *