Trunk Station, o escritório do freelancer…

ou escritório móvel, mostra que o conceito de mobilidade cada vez mais avançado.

O Trunk Station é feito pelos japas, tem um espaço agradável para colocar o seu notebook, seus arquivos/pastas e até itens decorativos.

trunk_station-01.jpg

trunk_station-02.jpgtrunk_station-03.jpg
Ótima opção para quem mora em kitnet ou um “apertamento” aí pode fechar o “escritório” no canto da sala ao fim do dia, alguns exemplos podem ser visto aqui.

O Trunk Station está disponível em diversas cores (preto, branco, bege…) e custam 198.000YEN (cerca de US$2.000) na Caina.jp.

sugado do: digital drops

4 respostas para “Trunk Station, o escritório do freelancer…”

  1. Bem, a ergonomia parece ser o ponto forte do design. Os pés ficam dentro do “caixão” sujando o piso branco, os joelhos batendo ora embaixo do tampo do teclado, ora na frente (tenho mais de 1,80m), o rodízio da cadeira então coitado,só colide com os dois lados do caixote, qual seria o nome desse cubículo em português no Brasil?… Mini-Office Zé do Caixão?

    Realmente, parece compacto e eficiente para ser visto em stands, mas para usar tenho minhas dúvidas!

  2. Tbm tenho 1,80m e pensei justamente nisso, mas como um bom brasileiro sempre da um jeitinho, vejamos.

    A parte mais larga onde fica o notebook, podemos fazer um trilho e puxar mais pra fora ou simplesmente fechar o note e levantar, colocando apenas umas tiras pra fixar o note no fundo.
    Nos pés poderiamos fazer um arco que fecharia como acabamento com a outra parte, como um gavetão que poderia ser aberto com o biombo fechado.
    Agora a outra parte faria mais fina com apenas duas rodas, totalizando 6 ao invés de 8 e utilizaria pastas suspensas e outros acessórios como quadro de imã e uma luminária de cada lado.
    Alguém tem as manhas de projeto, tenho algumas dicas que o pessoal acaba pecando quando projeta para computadores ou notebooks.
    skype: ronaldomabba.
    Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *