Vuitton no Japão

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.


Dica quente do insuperável-idolatrado-salve-salve André Rodrigues, o homem por trás do portal SPFW: o escritório de arquitetura holandês UNstudio

acaba de revelar o novo conceito para a flasgship da Louis Vuitton no Japão. O local exato da epopéia arquitetônica na terra do sol nascente ainda permanece guardado a sete chaves. Mas sabe-se que a idéia da LV é transmitir, através de um edifício de 10 andares – proporções inéditas na sua história -, que a marca está com os dois pés no futuro.

De acordo com o UNstudio, os elementos tradicionais que representam os valores clássicos da Vuitton estarão presentes na construção do edifício. A parte que mais se destaca no projeto é a estrutura gigante em forma de uma planta com quatro delicadas pétalas, exatamente como visto na logomarca oficial da grife, considerada o case de iconografia mais bem sucedido da história da moda. O resto, é esperar para ver.

FONTE: Postado por Allex Colontonio no IG

 

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Distribua

2 comentários

  • Na verdade esse termo é um tipo de plataforma utilizada em informática, porém esse nome começou a ser utilizado por marcas importantes do mercado internacional trabalham com lojas denominadas "Flagships". Tradução literal: “flagship”’ é a capitânia, o navio em que se acha embarcado o comandante de uma força naval. Ou seja, a “Flagship Store” é a loja líder, exemplar, da marca; todas as demais seguirão seu comando, serão concebidas a partir desta. São um pouco diferente de nossas lojas Piloto pelo grau de investimento envolvido, e porque devem apresentar conceitos revolucionários, para demonstrar claramente a grandeza da marca e manter seu lugar de ponta em seu segmento no varejo mundial. Esse termo vem sendo bastante utilizado, é meio estranho no começo, mais depois a gente se acostuma.... Um abraço