Divulgação do Design

Uma coisa que parece corriqueira, é a desinformação da sociedade sobre a nossa profissão.
Uma das coisas que eu já fiz, foram palestras em associações comerciais, para os empresários locais, explicando o que era cada divisão de trabalho entre os designers. Web, produto, gráfico e assim por diante.

A explicação ganhava perguntas, quando eu começava a falar sobre como eles ganhariam dinheiro com isso.

Em suma, explicar que design não é custo, é investimento.

Quais outras formas poderiam ser usadas?

  • Eu geralmente pergunto aos empresários quais os métodos que eles utilizam para tomar as decisões de compra. Faço brincadeiras, vou aprofundando as perguntas, pergunto como é que eles escolhem um carro, uma roupa, um objeto qualquer. Eles passam a perceber que o design influencia na forma como eles consomem, e se dão conta também de que design não é só estética, mas toda a experiência, a credibilidade, o branding e muito, mas muito mais, que eles nem sabiam que era design.

    Quando o sujeito começa a perceber o efeito na própria pele, não são necessários mais argumentos. Esse é matador!

  • Eu explico para os meus crliente que design não é uma palavra, ou algo cheio de formas agradáveis. Eu vendo design como processo de gestão estratégica – deste ponto de vista, fica fácil para o analista de mkt e os deiretores de negóscios julgarem se é ou não necessário incluir o PROCESSO DESIGN.

  • Fica difícil falar de design quando está instalada a cultura do produto de design. O consumidor acaba por comprar gato por lebre e nós designers acabamos por ver a imagem do nosso trabalho cair. Ainda por cima em Portugal a profissão de designer ainda é tão recente que não tem sequer uma classe forte que se possa defender. São tempos difíceis para o design.

    o meu site
    o meu blog

  • O melhor, melhor mesmo é mostrar com resultados…
    do tipo
    Meu cliente x vendia tanto antes do projeto y ser aplicado.
    Depois disso(do projeto de design) ele passou a vender tanto.
    Pq empresário não entende design… entende resultado, e resultado é número…
    Portanto não adianta argumentar q design tem base nisso e naquilo… vc tem q mostrar pra ele quanto ele vai ganhar investindo nisso… quanto vc vai conseguir atingir o público alvo dele, divulgar o produto dele e consequentemente aumentar a conta bancária dele… aí sim ele vê o valor do design…
    abraço 🙂

  • O que mais me assusta não é os nosso clientes sereme ignorantes sobre nossa profissão, mas sim alguns ‘profissionais’ que estão no mercador o serem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *