Sociedade do Automóvel

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Enquanto São Paulo se trava com uma média de 1,2 habitantes por carro e níveis de poluição dantescos acontece o 25° Salão do Automóvel. Assim, sem link que não merece.

Produzido por Branca Nunes e Thiago Beniccio, Sociedade do Automóvel é um documentário de 2004/2005 sobre as mazelas do uso desenfreado dessa solução de transporte que, bem, está longe de ser uma solução.

11 milhões de pessoas, quase 6 milhões de automóveis; um acidente a cada 3 minutos; uma pessoa morta a cada 6 horas; 8 vítimas fatais da poluição por dia.

No lugar da praça, o shopping center; no lugar da calçada, a avenida; no lugar do parque, o estacionamento; em vez de vozes, motores e buzinas.

Trabalhar para dirigir, dirigir para trabalhar: compre um carro, liberte-se do transporte público ruim. Aquilo que é público é de ninguém, ou daqueles que não podem pagar.

Vidros escuros e fechados evitam o contato humano. Tédio, raiva angústia e solidão na cidade que não pode parar, mas não consegue sair do lugar.

Engraçado que mesmo assim tem universidade que prejudica aluno pra ensinar a projetar carros. Shame on you.

Site do Sociedade do Automóvel (com traduções do vídeo para espanhol e inglês)

Em português no google video.

DEBATE

Para quem é/está em Curitiba a Agenda 21 Cultural debate sobre o documentário dia 03 de Novembro, segunda na Universidade Tuiuti do Paraná.

Participam do debate os professores Mario Alencastro (Engenheiro e Dr. em Meio Ambiente e Desenvolvimento); Francisco Ximenez (Filósofo e Mestre em Educação) e Simone de Castro Ramos (Turismóloga, Economista, Mestre em Administração em Turismo e Hotelaria).

Universidade Tuiuti do Paraná
Câmpus Barigüi (Rua Sydnei Rangel Santos, 238 – Santo Inácio).
Data: 03 de novembro de 2008
Horário: das 19h às 22h
Local: sala 03, subsolo bloco C.

Informações no site da Universidade Tuiuti.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Distribua

One comment

  • E é por isso que eu ando de bicicleta, e quando não dá uso o transporte público... Engraçado, desde pequeno eu nunca fui fã de carros, morro de medo de estrada - sou muito mais um avião. Acho que nunca vou comprar um carro nessa vida, pelomenos no momento não me interesso. Moro em Belo Horizonte, e aqui está caminhando pra situação atual de SP, não tem como sair de casa sem pegar um transito - agora até de madrugada. Dinheiro público sendo gasto pra duplicar avenidas, criar soluções para caber mais carros nas cidades - e quando é que isso vai parar? Pelo menos de vez em quando surgem uns programas de ciclovias, e pelo que estou percebendo, tem cada vez mais ciclistas nas ruas ( o que não só ajuda no transito, como na saúde física do ciclista e também na camaradagem, pois ciclista cumprimenta ciclista, respeita, ao contrário dos automóveis ).