Vulva Gallery: Ilustrações mostram a beleza e a diversidade da vulva

Em 2011 publicamos aqui a grande parede de vaginas, agora quem teve o “insight” foi a holandesa, Hilde Atalanta que criou uma série de ilustrações para mostrar vulvas de todos os tipos, formas, tamanhos e cores.

O projeto é mais do que parece!
Segundo o site oficial diz que a arte é feita para que as mulheres entendam que, independente do tamanho, cor ou forma, sua vulta é única, especial, e que se deve amar do jeitinho que ela é. Mostrar as pessoas que elas não devem querer uma mudança em seus corpos por causa da publicidade, da internet ou da pornografia. A galeria chama atenção sobretudo para as cirurgias plásticas, como a lábioplastia, conhecida também por ninfoplastia que consiste na redução dos pequenos lábios vaginais.

Além disso, a autora também quer mostrar que há diferentes tipos de corpo, em tantas formas, tamanhos e cores e todo tipo de gênero, já que ter uma vulva hoje em dia não define o seu sexo.

? This morning's post got reported and removed, but I want to make clear that this is ART, and it's therefore following Instagram's community guidelines. Please, do not report my artwork. If you don't like it, just visit a different page. There's a lot of wonderful stuff on Instagram that will suit your own personal interest. ??• Repost: pubic hair is cute and awesome! If you want to, just let it grow – don't feel pressured to shave it because you 'should' because it's 'sexier'. You are attractive and beautiful when you feel confident and comfortable with your body, and it really doesn't matter whether you're shaved/trimmed or not! ? Be kind to yourself, be patient with your body. And love your vulva, because all vulvas are amazing just the way they are! ?? #thevulvagallery #vulva #vulvas #pubichair #pubichairdontcare #pussypride #femaleempowerment #vulvaart #labiaart #feminism #everydayfeminism #intersectionalfeminism #feminist #feminista #loveyourself #feministart #feministartist #bodypositivity #bodypositive #bodypositivemovement #watercolorart #watercolor #watercolorpainting #watercolorillustration #illustration #labia #vaginaart #vagina #thehappyfeminist #hildeatalanta

A photo posted by The Vulva Gallery (@the.vulva.gallery) on

Just like with beards, sometimes in pubic hair there are bald spots where hair doesn't grow. This can make beautiful patterns appear, but also: the skin is super soft on these spots! Never be ashamed of your pubic hair and the way it grows. It's your skin, it's your body, and it's beautiful the way it is. Embrace and love your bald spots! And love your vulva, because all vulvas are beautiful just the way they are ?? #thevulvagallery #vulva #vulvas #freethepussy #pussypride #selflove #loveyourself #freethevulva #feminism #everydayfeminism #intersectionalfeminism #feminist #feminista #feministpride #feministart #feministartist #bodypositivity #bodypositive #bodypositivemovement #watercolorart #watercolor #watercolorpainting #watercolorillustration #illustration #labia #vulvaart #pubichair #pubichairdontcare #respecteachother #hildeatalanta

A photo posted by The Vulva Gallery (@the.vulva.gallery) on

The Vulva Gallery is dedicated to everyone – this means people from all kinds of genders. Many people with a vulva don't identify as being female. There are so many gender identities (to name a few: transgender, agender, genderless, genderneutral, genderfluid, bi-gender, genderqueer, cisgender, non-binary, pangender, trigender, or polygender). Having a vulva doesn't define your gender – just as having a penis doesn't define this. It's up to every human being to feel and define what they identify with, and it's up to you to ask people what pronoun fits with their gender identity. Never assume anyones gender. Respect each other, and be kind and open minded, because you never know for sure, unless you ask ??? #thevulvagallery #vulva #vulvas #vulvaart #vaginaart #genderidentity #genderequality #freethevulva #genderqueer #gender #genderfluid #feminist #labiaart #openminded #bodylove #feministartist #bodypositivity #bodypositive #bodypositivemovement #selflove #lgbtequality #queerart #watercolorillustration #loveyourself #labia #respect #pubichair #pubichairdontcare #thehappyfeminist #hildeatalanta

A photo posted by The Vulva Gallery (@the.vulva.gallery) on

Vagina ou Vulva?
A razão para usar a palavra vulva em vez de vagina é que a vagina é apenas a parte interna dos genitais femininos. A vulva é constituída pela parte externa dos órgãos genitais: o mons pubis, os lábios maiores e os pequenos lábios, o clitóris e o capuz do clitóris, o bulbo do vestíbulo, o vestíbulo vulvar, o meato urinário, as glândulas vestibulares maiores e menores, o vaginal Abertura, fenda pudenda, glândulas sebáceas, triângulo urogenital (parte anterior do períneo) e pêlos pubianos.

A galeria toda você consegue ver no https://www.thevulvagallery.com

Distribua

Pixelshow Recife – 16 a 17 de Julho 2011


Organizado pela Zupi, o evento nasceu em 2005 e a próxima edição acontece em Recife, Pernambuco.
Com uma programação imperdível, o Pixel Show reúne profissionais do mundo das áreas de ilustração, games, concept art, design, animação, cinema, intervenção urbana, fotografia, novas mídias, charges, cartoons, artes plásticas e tecnologia. Palestras, workshops, feira de arte, exposições, festival de animação, sessões de live painting com artistas consagrados.

Participe desse encontro e venha pensar e discutir a arte contemporânea com os melhores criativos do mercado.

CRANIO . GRAFFITI (Brasil)
Nascido em São Paulo, Fabio “Cranio” é um dos grandes nomes do Graffiti no Brasil. O artista trabalha nas ruas desde 1998, pintando índios azuis em muros de sua cidade natal. Seus personagens, detalhados e contemporâneos, já viraram sua marca registrada, e se destacam em meio ao terrível caos urbano.

DANILO BEYRUTH . HQ (Brasil)
Autor das famosas HQs Necronauta e Bando de Dois, o artista paulistano Danilo Beyruth nem sempre trabalhou na área: começou sua carreira em agências publicitárias, e chegou a fundar, com mais 3 sócios, um estúdio especializado em ilustração publicitária. Mas seu talento e paixão pelos quadrinhos falaram mais alto, e foram determinantes para torná-lo um dos expoentes em seu campo no Brasil. A palestra do artista no Pixel Recife promete animar o público.

RAUL TEODORO . DESIGN GRÁFICO (Brasil)
Raul Teodoro é designer, artista e desenvolvedor. Apaixonado por tipografia e experimentação, desde 2001 se aventura pelo mundo da inovação e tecnologia, com projetos realizados para agências nacionais e internacionais, além de exibir seus trabalhos artísticos em revistas e galerias de arte pelo mundo. Atualmente trabalha como designer, diretor de arte em plataformas digitais e inovação pela Fiat do Brasil S/A, Grupo Fiat.

RAUL LUNA . MULTIMÍDIA (Brasil)
Pernambucano natural de Recife, Raul Luna é um artista multimídia, que atualmente atua nas áreas de ilustração, design, música e vídeo. Foi um dos fundadores da TV Primavera, coletivo experimental que procurava problematizar a presença da mídia digital na sociedade. Raul também já criou trabalhos para as bandas Coquetel Molotov, Niedermeier & Whitehead e exibiu sua arte em cidades como Londres e Moscou.

AQUIRIS . GAMES (Brasil)
A Aquiris Game Studio é referência nacional em produção de games. Criada em 2006, a empresa trabalha com Game Experience: desenvolve jogos para web, amostras digitais e realiza projetos de realidade virtual. A criatividade e o talento dos três sócios que comandam o estúdio conquistaram clientes de renome, como Embraer e Olympikus e prometem inspirar o público do Pixel.

ESTÚDIO ALBA . DESIGN GRÁFICO (Brasil)
Fundado em 2009 em Maceió, o Estúdio Alba preza acima de tudo pela liberdade de criação em várias frentes. É tendo este diferencial em mente que o Pixel Show os terá entre seus palestrantes, compartilhando sua experiência nas áreas de Identidade Visual, Ilustração, Impresso, Web e Moda. Cada área é desenvolvida pelo Estúdio Alba de acordo com as suas particularidades; por isso, seu vasto repertório de referências promete ainda mais inovações ao evento.

DOUBLELEFT . WEB E INTERATIVIDADE (Brasil)
Doubleleft é um estúdio de produções interativas com um pouco menos de dois anos. Criado pelos sócios Alexandre Souza, Gabriel Laet, Guilherme Almeida e Paulo Perez, o estúdio nasceu com uma cultura multi-disciplinar que permitiu a criação e o desenvolvimento de uma série de projetos de alto-nível tecnológico e de características bem diferenciadas para o mercado digital nacional e internacional.

AP303 DESIGN STUDIO . DESIGN & ILUSTRAÇÃO (Brasil)
O estúdio de design e ilustração AP303 chega ao Pixel Show Recife trazendo para a discussão suas múltiplas linguagens e identidades. Sediado na Bahia, onde foi criado pelo casal Dandara Almeida e Bruno Biano, o AP303 soma referências e explora diferentes plataformas com total liberdade, seja online ou offline. Os criativos prometem animar a plateia presente no evento.

FRANCISCO SABOYA . ECONOMIA CRIATIVA (Brasil)
Francisco Saboya é economista, engenheiro de produção e professor da Universidade de Pernambuco (UPE). Com esse currículo multifacetado, ele traz ao Pixel Show Recife um pouco de sua experiência em economia criativa e tecnologia. Desde 2007, é diretor-presidente do Porto Digital – parque tecnológico da capital pernambucana – e conselheiro do CESAR – Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife.

MULTITOUCH BARCELONA . DESIGN DE INTERAÇÃO (Espanha)
O grupo de design Multitouch Barcelona, cria instalações e produtos em que o indivíduo é convidado a interagir com a tecnologia, a criar, tocar, sentir. É essa experiência de integração entre real e digital que o grupo traz ao Pixel Show, prometendo uma palestra bem multimídia e contemporânea.

Distribua

Entrevista com Daniel Lieske, criador do Wormworld Saga

Conheci o trabalho de Daniel Lieske através do Wormworld Saga. É uma daquelas obras que te deixa com o queixo caído, olhando pros detalhes, tentando entender como ele conseguiu fazer aquilo. Mais que isso, a saga apresenta caminhos novos para quem tem a vontade de se aventurar no terreno das histórias em quadrinhos e acha que testes e mais testes na Marvel ou na DC podem ser desgastantes e infrutíferos.

Daniel foi extremamente gentil ao conceder a entrevista abaixo. Além de quadrinista, é artista conceitual para uma empresa de games. Disse que gastou um ano inteiro para produzir esse primeiro capítulo, trabalhando nas horas vagas. É dificil não acreditar. Vejam a entrevista (e clique nas imagens, elas ficam bem maiores, e vale a pena, garanto).

RT: Como você começou sua carreira de ilustrador?

Daniel: Quando eu saí da escola, em 1998 e tinha terminado meu serviço militar, eu consegui um estágio em um estúdio de desenvolvimento de games. Após o término do estágio, me ofereceram um emprego de tempo integral, e aí eu comecei a criar ilustrações profissionalmente.

RT: Que tipos de trabalhos você faz normalmente? Tem algum tipo que você gosta mais?

Daniel: Eu estou trabalhando como artista de games, e meu trabalho vai da arte conceitual em 2D, modelagem 3D, criação de texturas e design de interface. De todos estes, meu favorito é a arte conceitual, porque fica mais próximo da minha paixão, que é pintura digital.

RT: Você tem alguma rotina? Como é?

Daniel: Quando eu chego em casa do meu trabalho diário, de noite, eu janto com minha esposa e nosso pequeno filho, e então eu vou pro meu estúdio, e trabalho na saga de Wormwolrd por duas horas. Eu tento manter os finais de semana livres, mas nem sempre funciona.

RT: Falando em quadrinhos. Você já trabalhou para grandes editoras, como a Marvel, a DC ou outra?

Daniel: A saga de Wormworld é meu primeiro projeto de quadrinhos, e eu nunca trabalhei para editoras. E não acho que eu gostaria de trabalhar como um artista contratado para editoras como Marvel ou DC. Eles mantém os direitos  de tudo que você faz para eles, e você só fica com uma fração do dinheiro que eles fazem com sua arte.

RT: De onde veio a ideia de realizar Wormworld da maneira que você está fazendo? Você sempre pensou em se auto-publicar?

Daniel: Antes de entrar na estrada independente, eu fiz uma pequena pesquisa sobre editoras e as ofertas que elas geralmente fazem. Eu descobri que aquilo que elas pagam não vale o esforço, e os editores normalmente proibem a exibição de conteúdo livre na internet. Minha maior meta com a saga Wormworld é alcançar quantas pessoas for possível com a história. Por isso eu traduzi em tantas linguagens diferentes e também por isso é gratuito para ler. A saga de Wormworld foi lida mais de 450 mil vezes em menos de três meses. Se eu tivesse trabalhado para uma editora, isso nunca teria acontecido.

RT: Nós estamos vivendo uma explosão de novas tablets entrando no mercado. Isso afetou sua decisão sobre qual trilha você deveria usar para fazer dua Graphic Novel?

Daniel: Quando comecei a saga de Wormworld, o iPad não tinha sido anunciado ainda. Mas quando foi, eu imediatamente soube que poderia ser o equipamento perfeito para se ler minha graphic novel. Estou muito feliz em saber que haverão tantas tablets diferentes no mercado em pouco tempo, porque será uma grande oportunidade para apresentar meu trabalho na melhor forma possível para muitas pessoas.

RT: Você acha que nos próximos anos iniciativas como a sua podem redefinir o modo que lemos quadrinhos?

Daniel: Uma coisa especial sobre a saga Wormworld é que ela foi desenhada como um produto estritamente digital, desde o começo. O layout padrão para livros tem uma série de limitações do ponto de vista criativo, e se ater a esse formato vai limitar as possibilidades dos quadrinhos. Eu vejo muitas  versões digitais de quadrinhos que que são apenas transcrições das versões de papel, e eu acho que isso é um desperdício de oportunidade. Eu espero que minha visão possa inspirar outros artistas  para criar quadrinhos virtuais de verdade. Isto vai dar a eles mais opções de criação, mas também uma grande oportunidade de se auto editar de maneira fácil.

RT: Que conselho você pode dar a novos autores e artistas que estão procurando auto editar  seus trabalhos? Você acha que será possível fazer dinheiro de verdade nesse mercado?

Daniel: Eu diria para eles jogarem fora a ideia de “todo mundo que quiser ver meu trabalho tem que pagar”. Seu trabalho vai se espalhar muito mais amplamente se for gratuito e o único limite for a qualidade dele. ISSO é a real medida do seu sucesso. Se seu trabalho não se espalhar, isso é simplesmente porque não é bom o bastante, e você terá que trabalhar mais duro. Mas quando seu trabalho é bom, você vai descobrir que existem pessoas querendo te dar suporte. Hoje em dia, meus fãs me doaram mais dinheiro do que qualquer editor teria me pago para publicar meu trabalho.

RT: Você conhece o Brasil, ou algum artista daqui?

Daniel: Não conheço muito sobre o Brasil, Mas eu fiquei muito surpreso em quantos fãs daí se ofereceram para traduzir a Saga Wormworld para sua língua. Eu recebi dez vezes mais ofertas do Brasil do que de qualquer outro país e realmente me fez pensar que eu preciso visitar seu País em algum ponto no futuro. Talve exista alguma convenção de quadrinhos, ou algo do tipo. Eu adoraria visitar a América do Sul. Minha esposa tem parentes no Chile e na Argentina.

RT: Bom, acho que isso, obrigado por seu interesse!

Daniel: Obrigado pelo SEU interesse. Fico feliz em poder espalhar a ideia mais ainda pelo Brasil!

 

Distribua

Talentos – Cristiane Cruz


Olá, pessoal. Hoje estou empolgado pra mostrar coisa boa. Depois de uma semana #tensa resolvi gastar alguns minutos trazendo inspiração à vocês. Gosta de design? Gosta de game? Então esse post vai te interessar. E dessa vez quem não passou despercebido às minhas andaças foi a designer e ilustradora Cristiane Cruz. Conheça mais sobre ela.

O processo criativo de cada um muda de acordo com vários fatores, o meu em especial precisa de referências. Gosto de descobrir e analisar projetos de outros profissionais. Tenho uma minicoleção de portfólios que costumo visitar de tempo em tempo para manter a mente sempre ativa, e essa lista não para de crescer. Foi então que descobri Cristiane Cruz.

É engraçado como você entra e sai da faculdade sem saber das jóias preciosas quem sentam do seu lado. Você nem percebe o quão excelente o seu colega de classe pode ser, simplesmente por que você nunca perguntou. Então para corrigir aos poucos esse erro estou trazendo a Cris pra vocês.

Cristiane M. F. Cruz Solteira, 23 anos, escorpiana, natural do rio de janeiro. Ilustradora e webdesigner freelancer, apaixonada por produção gráfica e tipografia.

Essa é uma pequena descrição feita por ela mesma no seu portfólio mas eu com certeza incluiria várias linhas para enumerar suas habilidades. Além de designer e  ilustradora. Suas principais habilidades são concept art, ilustração comercial, game design, criação de ícones. Também manda com perfeição no layout para games, em especial para MMORPG. Entre outras. Além de ter vencido um concurso para escolher a logo de uma escola de samba carioca.

O principal projeto que está trabalhando atualmente é o remake de todo layout e redesign dos ícones do game Star Wars: The Old Republic e ilustrações para uma linha de perfumes baseados em cartas de tarot.

Agora menos papo e mais ação. Tome ae alguns trabalhos da cris.

Hope - Good vs Evil  Ilustração abordando o tema Bem vs Mal. photoshop+opencanvas.
Hope - Good vs Evil
Hey God !  Ilustração para pôster em evento, ilustrando o baterista da banda The Gazette.
Hey God !
Trash Man - Gazette Vocal Illustration  Ilustração do vocalista do gazette baseada no clip da banda.
Trash Man
Skecthes  P&B sketches de foto referência
Skecthes P&B
Tributo a hideto Matsumoto - arena37º  Ilustrações vetoriais produzidas para a revista arena 37 degree para aniversáriod e morte do guitarrista hideto Matsumoto, publicadas na edição de maio de 2009.
Tributo a hideto Matsumoto - arena37º

Segue o portfólio da Cristiane Cruz:
http://www.kawek.com.br/cristie

Twitter: @cristie_c

Este portfólio está hospedado no Kawek. Você já conhece o Kawek?

Distribua

Novo curso online de WEBDESIGN

Curso WDS - WEB DESIGN & STYLE

O curso WDS – Web Design & Style é uma iniciativa do portal Luciano Augusto que conta com o trabalho e a experiência do designer e publicitário Homero Meyer para demonstrar os processos e técnicas mais práticos e eficientes da criação em webdesign. Conhecido por seu trabalho de design e desenvolvimento web, Homero Meyer tem ampla experiência, tendo participado do desenvolvimento de projetos web desde o ano 2000, na produção de vários portais de conteúdo, e-commerce, entretenimento e utilidades para o mercado nacional e internacional, além de atuar também na criação e desenvolvimento de campanhas publicitárias, design e ilustrações para clientes diversos. Dessa forma, o curso aborda não apenas a prática do desenvolvimebto de layout, mas também a conceituação do trabalho a partir de um raciocínio com base em experiência de mercado.

Confira o site do curso:

Distribua

Se desenha tuítes

Projeto pessoal do mexicano “El Grand Chamaco”, onde consiste em pegar os tuítes em espanhol mais interessantes e fazer uma ilustração irada. Ideia fantástica.

Mais no: Se dibujan Tuits
@sedibujantuits


Distribua

Tupixel – Encontre desenhos feitos no Brasil

Tupixel é uma ferramenta de auxílio para quem busca por desenhos feitos em terras tupiniquins. Em seu banco de dados, o maior do gênero no Brasil, já se encontram mais de 1750 desenhistas, entre eles, grandes mestres do passado, profissionais dos mais diferentes estilos e iniciantes desta arte tão presente em nosso dia-a-dia através de jornais, revistas, livros, internet, embalagens, moda, peças publicitárias, histórias em quadrinhos, tv, cinema e demais mídias impressas e digitais.

Além da diversidade, o site Tupixel contempla um largo período: de Angelo Agostini, que residiu em São Paulo a partir de 1860 (reconhecido por pesquisadores como um dos pioneiros em âmbito mundial), até desenhistas \”100% digitais\” da atual geração. Resultado de 12 anos de pesquisa do artista gráfico e ilustrador Faoza, o site não é uma lista fechada, Tupixel está aberto a receber colaborações, logo você pode indicar novos nomes e links pelo e-mail: tupixel@faoza.com.

Caso você seja desenhista (profissional ou iniciante) e ainda não estiver listado no site, envie um e-mail com nome, endereço do seu portfólio on-line e um desenho no formato JPG.

Ao escolher uma letra no menu, clique na imagem do preview para ver a imagem completa e acesse o link para ver e saber mais sobre desenhista pesquisado.
www.tupixel.com.br

Distribua

37º Salão Internacional de Humor de Piracicaba/2010

O 37º Salão Internacional de Humor de Piracicaba/2010 será realizado de acordo com o seguinte calendário: Inscrições: até 03 de agosto.

Seleção: 07 e 08 de agosto. Premiação: 21 e 22 de agosto. Abertura: 28 de agosto.

PARTICIPAÃ?Ã?O
O tema é livre. Artistas profissionais e amadores, brasileiros e estrangeiros, poderão inscrever trabalhos inéditos que não tenham sido premiados até a data de encerramento das inscrições (03 de agosto/2010). Qualquer técnica gráfica será permitida. Trabalhos digitais, devidamente assinados pelo autor e indicados de que se trata da impressão número 01 e esculturas, com teor humorístico, também serão aceitos.

CATEGORIAS
Cartum (humor gráfico com temas universais e atemporais), Charge (humor gráfico com temas jornalísticos da atualidade), Caricatura (humor gráfico que expressa os traços físicos e/ou de caráter de personalidade conhecida), Tiras (arte gráfica em seqüência, com enredo que se fecha em um formato padrão, usualmente publicado em colunas de jornal) e Vanguarda – somente para trabalhos inscritos por via eletrônica abordando o
tema ?Meio Ambiente, em formato JPGE e 300 DPI, máximo de 02 obras por artista, anexadas de uma única vez. Endereço para envio: premiomeioambiente@salaodehumor.piracicaba.sp.gov.br
Medidas máximas permitidas: em papel 42 x 30 cm (A3), esculturas 42 cm (altura) x 30 cm (profundidade) x 30 cm (largura).

mais informacoes em: www.salaodehumor.piracicaba.sp.gov.br

Distribua

INK – Curso de Pintura Digital


O curso INK – Pintural Digital é uma iniciativa do portal Luciano Augusto que conta com o trabalho e a experiência do cineasta e publicitário Homero Meyer, para demonstrar os processos e técnicas mais práticos e eficientes da pintura digital. Conhecido por seu trabalho de ilustração e concept-art, Homero Meyer tem experiência internacional, tendo participado como lead artist na produção de vários jogos de computador para o mercado americano e também na criação e desenvolvimento de campanhas publicitárias, design e ilustrações para clientes nacionais e estrangeiros. Dessa forma, o curso aborda não apenas a prática da pintura digital, mas também a conceituação do trabalho a partir de um raciocínio com base em experiência de mercado.

Além da cor, o curso aborda conceitos como direcionamento do olhar, contraste, enquadramento dramático, separação de planos, uso de ferramentas diversas de pinturas e acabamento, aplicação de texturas, manipulação e reconstrução digital de imagens fotográficas, tratamento fotográfico, desenho foto-realista, técnicas de iluminação e sombreamento, efeitos de camadas e muitas outros elementos que fazem parte do dia-a-dia dos designers e ilustradores profissionais.

Juntamente com cada aula, Homero Meyer ainda disponibiliza para download uma série de arquivos profissionais de apoio. Entre eles, estão fotos de alta-resolução, arquivos brutos de fotografia digital (RAW), ilustrações em PB, arquivos editáveis em PSD (photoshop) das ilustrações e pinturas desenvolvidas durante as aulas e muito mais!

O curso INK – Pintura Digital tem por objetivo ensinar conceitualmente o processo criativo de colorização. Durante o curso, são demonstrados passos que podem ser reproduzidos em diversos softwares diferentes, com o intuito de explicar, primeiramente, como percorrer o longo caminho que separa uma página branca de um projeto finalizado profissionalmente. A idéia é ensinar a pensar, a tomar decisões e finalmente, ensinar a transportar para o projeto, a realização de suas escolhas.

Veja um vídeo de apresentação do curso:

Para acessar a página do curso, clique no link abaixo:

http://www.lucianoaugusto.com.br/v2/curso/index/74

O investimento é de apenas R$ 399,00, e ao comprar o curso, o usuário ganha acesso ilimitado às aulas, atualizadas frequentemente, sem nenhuma taxa posterior, além de participar de uma extensa comunidade de profissionais atuantes no mercado, onde poderá trocar experiências, candidatar-se para trabalhos e aprender ainda mais!

Vale conferir! =D

Distribua

Se o Mundo fosse perfeito…

A estudante de design californiana, Catalina Dulay criou ilustrações minimalistas que contém situações que arruinam o dia de muita gente, coisas que em um mundo perfeito jamais aconteceriam.


Distribua

Promocao: 3

computer_arts
Palestras e mesa redonda

Tipografia com Marina Chaccur. Designer gráfica e tipógrafa. Mestre em design gráfico pelo London College of Communication.

Ilustração e mercado de trabalho
. Kako. Ilustrador premiado cmo leão de ouro no cannes lions 2008.

Animação e motion design
. Colmeia. Produtora multidisciplinar reconhecida internacionalmente com 7 prêmios FWA.

Data:
29 de maio de 2010 – sábado no SENAC COnsolação. Rua Dr. Vila Nova, 228 – São Paulo – SP.


Preços especiais para estudantes, alunos do SENAC, Associados ADG, Abraweb e assiantes da editora Europa.

computerarts.com.br/designshow

Rt esssa msg siga @designshowCA e @design_se p/ concorrer a uma entrada vip pro 3º Design Show da CA http://migre.me/Ajc6

Serão 2 contemplados. Resultado, dia 3 e maio, segunda-feira

RESULTADO:

@hevillynguedes e @michelehori

Parabéns! Entraremos em contato

Distribua

PORTFOLIO – DAVID FULLARTON

O portifa dessa semana é do ilustrador escocés, David Fullarton. Que mistura de colagem de diversos materias em seus trabalhos.

Conheça mais no: Davis Fullarton ou no seu Flickr .


Distribua

História do Rock em HQ

O frances Hervé Bouhris criou uma HQ em formato de vinil que conta a história do rock, ela começa em 1915, nas origens do rock e vai até 15 de junho de 2009.

O livro todo demorou cerca de dois anos para ser criado, porém as suas anotações foram feitas desde 1988, e segundo o Bouhris há referências de rock brasileiro como Mutantes, Sepultura e CSS.

O livro será distribuido por todo o mundo e deverá chegar ao Brasil nas próximas semanas.

Quem quiser conhecer mais pode ver uma prévia do primeiro capítulo do livro (em português) no G1.


Distribua

[Promocao] PixelShow POA 2010 no Twitter

pixelshow_dg

COMO PARTICIPAR

Para participar do sorteio basta seguir o perfil @zupi e postar no seu twitter a frase: Eu quero um ingresso #pixelshowpoa que o @design_se vai sortear!

IMPORTANTE: para levar o ingresso tem que seguir o perfil @design_se, além do @zupi. ok?

O sorteio será no dia 2 de abril de 2010.

Saiba mais sobre as atrações do PixelShow POA

Boa Sorte, e nos vemos no Sul!

RESULTADO

Parabens para @raissa_chagas !

No momento do aviso da premiacao a sorteada nao estava seguindo o twitter do @design_se o que caracteriza eliminacao.

Sorteio 2

@GabiGuimaraes mais uma que nao seguiu todas as regras e nao estava seguindo o @design_se no momento do aviso da premiacao. Vamos para um proximo sorteio.

Sorteio 3

@gabylandeira Agora sim! Tudo nas regras, seguindo @zupi e @design! Parabens!

Entraremos em contato com voce para pegar seus dados pessoais e garantir seu ingresso no Pixel Show POA 2010!

Clique para ampliar

wwwrandomorg-screen-capture-2010-4-2-18-59-33

Distribua

PixelShow POA – Catarina Gushken – Ilustradora e Estilista

pixelshow_poa_catarina
Graduada em design de moda, atuou por sete anos como estilista da marca Cavalera. Participou de eventos como a Semana de Moda e o SPFW. Se utiliza de diversas técnicas para desenvolver suas obras, desde estamparia digital até pinturas feitas à mão. Também faz trabalhos de ilustração para revistas, livros e outros designers.

Toda essa diversidade da Catarina será presenciada no Pixel Show POA.
www.catarinagushiken.com.br

Distribua