“O Designer Faz”, explicando a profissão do Designer Gráfico

Ano passado, felizmente, recebi o título de Bacharel em Design Gráfico pela UEMG, ou seja, me formei. Ao definirmos a proposta do convite e detalhes da colação de grau/baile, pensamos diretamente no público. Sabemos que muitos familiares ainda não compreendem “o que fazemos como profissionais, e até  mesmo, durante o nosso curso”. Com isso,  tivemos a idéia de elaborar um vídeo explicando a profissão.

O que nos permitiu pensar em um vídeo (motion graphics) foram os talentos presentes em nossa turma como Flávio Moura, Matheus Moura e Bruno Malaco, responsáveis pelo o vídeo acima. Nosso objetivo foi demonstrar o que podemos fazer após 4 anos de faculdade.

  • Adorei o video. Além de muito divertido, vai ajudar a explicar ao público (e ao cliente ) o que faz esse profissional que, muitas vezes, não é bem compreendido.
    Parabéns. Ah,posso inserir o video no meu site, né? rsrs

  • Olá, queria parabenizá-los pelo vídeo, ficou muito loco! queria pedir permissão para postá-lo no site da minha agencia. claro que com os devidos créditos… Abraço.

  • Caros amigos de profissão,
    Gostaria de parabenizar à todos pelo excelente trabalho na produção deste vídeo. Com certeza ele foi desenvolvido por ótimos profissionais e sem dúvida nenhuma nos enche de orgulho por mais este esclarecedor trabalho sobre o designer gráfico.

    Nelson Medeiros

  • Adorei a linguagem quadrinizada e muito bem humorada do vídeo. parabéns galera!!!
    Vou utilizar na saulas de marketing para designers gráficos;. Show.

  • Hehehe…Muito bom esse vídeo. Muito criativo. Atualmente estudo administração de empresas, porém penso em trancar o curso para tentar Design Gráfico na UEMG (já tentei uma vez , tive uma nota excelente, porém ZEREI química e fui desclassificado) e na ânsia por um curso superior embarquei nessa furada. Trabalho como designer desde 2006 e fui aluno da Casa dos Quadrinhos, gosto muito dessa área, sinto maior prazer em criar. Rsrsrs esse foi um comentário para o vídeo (parabéns aos idealizadores) e, também, um desabafo pessoal…Até mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *