O futuro do celular

Aparelhos de telefonia móvel evoluem numa velocidade tão assombrosa que tentar prever os modelos e as funções dos aparelhos do próximo ano, tornou-se uma tarefa quase impossível.

É lógico que existe uma “contenção de tecnologia”. É necessário o lucro com os aparelhos já produzidos. As diversas marcas têm que pelo menos diminuir bastante seus estoques e mais toda aquela ladainha de vida do produto.

Mas tirando tudo isso, onde vamos parar? O N95 da Nokia já vem com 8 GB e câmera de 5 megapixels. Fora o Iphone e todas as suas funções online.

O bom é que desse futuro só devemos temer o impacto ambiental da tecnologia aplicada. De resto é gastar uma grana pra ter um multi – tudo no bolso.




 

 

 

2 respostas para “O futuro do celular”

  1. um lado interessante disso é que os designers de produto e de interface sempre vão ter um campo bastante amplo pra atuar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *