Portifólio, vende?

Partindo do princípio de que você tem um produto (você profissional/freelancer ou estagiário) e necessita vender esse produto para um cliente (cliente mesmo ou um empregador). Como você faz?

O normal é você apresentar seu CV e/ou portifólio. Mas como usar esse artifício de forma eficaz? Há tempos eu fiz um portifólio padrão (um pouco de tudo que eu fiz) no CarbonMade.

Mas para tentar ingressar numa concorrência de uma vaga de trabalho, normalmente eu fazia um CV direcionado para a empresa. Colocava lá só o que interessaria a empresa. Vejo o caminho contrário.

Minha indicação nesse caso é que você pode ter um portifólio com tudo o que você fez na vida. Um arquivo desse tipo é muito útil para você elaborar um portifólio que venda realmente o teu trabalho. Um portifólio direcionado tem muito mais chance do que algo cheio de material e tedioso para o contratante. Ele precisa de alguém para executar determinado serviço. Se você sabe fazer mais do que ele pede, legal. Mas existem outras maneiras de mostrar isso a ele.

Na entrevista é um exemplo. Lógico que você não vai falar que não colocou esses dados no portifólio para não torrar o saco do cara. Nesse momento é importante frisar que ele vai achar em você o que ele procura e ainda vai ganhar a mais. Todo cliente gosta de se sentir satisfeito com o produto.

Investigue a empresa antes e prepare esse material específico. Tenha os dois, um completo e aquela para aquela entrevista ou reunião com o cliente. Perder tempo pode custar caro, ainda mais se você perder tempo num material que não vai ajudar.

  • cara, isso foi muito útil para mim
    Estou procurando uma vaga de emprega em minha cidade, mas meu portfolio ainda é fraco(tem poucos jobs), mas lendo o post eu tive a certeza q esses poucos jobs devem ser os melhores possiveis
    Valeu!

  • Adorei a idéia, Ed.
    Obrigada mesmo pela dica..
    Apesar de eu estar ainda me formando em design de interiores, achei o portfolio virtual muito bacana pra colocar também os trabalhos de faculdade.

    Um abraço!

  • pelo post, realmente muito pertinente.

    engraçado que hoje lá no trabalho, estávamos comentando como democratizou o acesso a tua própria página pessoal. realmente acho fundamental para quem é designer ter uma amostra (pelo menos) do material online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *